Os Bosques

O Bosque da Noruega é um gato meigo, aventureiro, sociável, calmo e adapta-se perfeitamente à vida num apartamento.

Dão-se bem com outros animais e são extremamente tolerantes e brincalhões com as crianças.

São excelentes caçadores, trepadores natos e extremamente inteligentes.
Possuidor de uma curiosidade fora do comum, segue os donos por todo o lado querendo saber sempre das suas actividades mas nunca perdendo a sua vontade e independência.

É conhecido por, na natureza, descer das árvores com a cabeça virada para o chão, algo que não é visto em nenhuma outra raça.

Os Bosques da Noruega possuem um manto de pelo duplo.

Standard Oficial da FIFe

Tamanho: grande.
Pêlo: semilongo. Possui um subpêlo lanoso coberto por uma pelagem impermeável de longos, grossos e brilhantes pêlos. Este manto cobre o dorso e os lados.
Cor: todas as cores são permitidas, exceptua-se os padrões com pintas, chocolate, lilac, canela e fawn. Todas as quantidades de branco são permitidas.
Cabeça: forma triangular, em que todos os lados são iguais; boa altura quando visto de perfil; testa ligeiramente arredondada; perfil longo, direito, sem quebras na linha (stop) com um queixo firme.
Orelhas: grandes com boa largura na base; extremidades pontiagudas; tufos de lince e longos pêlos que emergem das orelhas. Devem estar posicionadas na parte alta da cabeça e afastadas, de forma a que as linhas exteriores das orelhas sigam a linha da cabeça para baixo até ao queixo.
Olhos: grandes e ovais, bem abertos, posicionados ligeiramente oblíquos, com uma expressão de alerta. Todas as cores são permitidas independentemente da cor do pêlo.
Corpo: possui uma constituição longa e forte e com uma estrutura óssea sólida.
Pernas: fortes e altas sendo as traseiras mais altas do que dianteiras, as patas são largas, redondas, em proporção com as pernas.
Cauda: longa e densa devendo chegar até às omoplatas mas de preferência até à base do pescoço.

Scroll Up